O que você procura?

terça-feira, 8 de agosto de 2017

O QUE ESTÃO FAZENDO COM A POLÍCIA CIVIL É UMA COVARDIA, UMA SACANAGEM!


CRIMINALIDADE EM BETIM É TEMA DE DEBATE NA COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA

O Deputado Cabo Júlio assim definiu a situação da PC,  na manhã desta quarta-feira (8) durante audiência da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa para discutir medidas de segurança para a cidade de Betim (Região Metropolitana de Belo Horizonte). Na reunião os deputados debateram sobre os altos índices de criminalidade no município e ações para o enfrentamento da violência.

O Deputado Cabo Júlio usou palavras fortes para definir a situação da segurança pública e da Polícia Civil: “Não adianta ficar enxugando gelo. Estamos fazendo audiência pública, mas alguns atores importantes estão faltando. Não dá para falar em combate a violência se a Polícia Militar não tem efetivo e a Polícia Civil vive o pior momento da sua história. Tenho 29 anos de polícia e nunca vi uma situação dessa. O que o nosso governo está fazendo com a polícia civil é sacanagem, faltam delegados, falta escrivão, falta investigador. Ficar nesta audiência pública não nos levará a nada. Por exemplo: Nos temos 200 excedentes do concurso para soldado, que esses excedentes sejam convocados e enviados para a 2 RPM. Não adianta, se não tiver investigador para apurar as ocorrências policiais para fazer o policiamento preventivo. Cadê as promessas que o NOSSO governo fez na campanha? Não temos concurso para delegados, não temos concurso para escrivão. O que estão fazendo com a Polícia Civil é uma covardia” desabafa o deputado.

Temos mais de 1300 investigadores excedentes prontos para o curso de formação. Porque não convocamos uma turma de 500 e mandamos 200 ou 300 para a 2 RISP?  Chega de encher linguiça.

Estiveram presentes na reunião o defensor público Rômulo Carvalho, o Coronel Mauro Lúcio de Moura, comandante da 2ª Região da Polícia Militar, o delegado-chefe do 2º departamento da Polícia Civil de Contagem, Luiz Guilherme Prado, a OAB entre outras autoridades.




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: